Jogadores do Sete cobram salários atrasados do título estadual inédito

compartilhe agora

Folha salarial estaria em atraso há dois meses; diretoria reconhece pendência financeira e promete quitar dívida na próxima semana

Às vésperas da estreia na Série D do Brasileirão, o Sete de Dourados teve de encarar o primeiro obstáculo, mas dessa vez fora das quatro linhas. Vários atletas do elenco campeão sul-mato-grossense não teriam recebido salários nem a premiação pelo título inédito na história do clube. A situação de atraso nos pagamentos se arrasta há pelo menos dois meses, de acordo com fontes ouvidas pelo GloboEsporte.com. Os cofres teriam ficado vazios devido à falta de acordos com patrocinadores, que estavam firmados mas desistiram de última hora.

A assessoria de imprensa do Sete informou que a diretoria reconhece a pendência financeira, e que essa dívida deverá ser paga na próxima semana.

– A diretoria segue trabalhando para fechar parceiros e não deixará de cumprir nenhum acordo como nunca deixou – informa o clube.

Novos reforços e sócio-torcedor
O Sete de Dourados vai contar com a experiência do atacante Otacílio Neto, de 33 anos e com passagem pelo Corinthians. A apresentação do atleta será feita com o lançamento dos planos de sócio-torcedor, na loja do clube no Shopping Avenida Center, em Dourados, a partir das 19 horas. Outro reforço no setor ofensivo é Jhony, ex-Corumbaense, que foi integrado ao grupo no treino da última quinta-feira.

A estreia do time douradense será neste domingo, em casa contra o Luziânia-DF, às 17h30 no Douradão. O GloboEsporte.com acompanha o duelo em Tempo Real. Além do Luziânia, o Sete terá como adversários Anápolis e Sinop no Grupo A11.

fonte:globoesporte/ms

compartilhe agora

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: