Misto deve participar do Campeonato estadual Sub-17 e planeja seu retorno para a série B.

compartilhe agora

O vice presidente do Misto Gerson, com o apoio do ex-presidente Teixeira, trabalham para levantar o Carcara.

Diretores do Misto que ainda lutam para que o Misto sobreviva,como o vice presidente Gerson e o ex-presidente Teixeira, trabalham em conjunto com a equipe do Três Lagoas F.C, do bairro paranapunga, equipe supervisionada pelos professores Frank, Dori e Edmar.

Essa parceria será firmada para a disputa do campeonato estadual sub-17, o time deve usar os atletas que já estão treinando no Três Lagoas F.C e devem disputar o estadual sub-17 sob o nome do Misto Três Lagoas.

Esta semana o clube teve um estímulo a mais para seu retorno as competições. O clube foi notificado nesta semana de que a Prefeitura de Três Lagoas desistiu da cobrança de uma dívida de R$ 243 mil, referente a um convênio firmado em 2015.  Cobrança esta que o juridico do clube provou ser incoerente

O repasse teria sido autorizado através da Câmara de Vereadores que aprovou a Lei Municipal 2.898/15 para custear as despesas do clube durante o estadual, despesas estas que ultrapassam os R$ 400 mil. No mês de março, quando o time já se despedia da competição por ter sido eliminado na primeira fase, o repasse foi utilizado para quitar as contas em aberto, conforme determinava a lei.

O Misto agora volta a focar no retorno às competições organizadas pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul. De acordo com o atual vice-presidente, Gerson Corrêa, quem responde pelo clube, resta apenas o pagamento das taxas de anuidade para que o clube volte a estar regular.

O clube pretende entrar na disputa da Série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense , que ainda não tem data certa para começar, devendo ficar apenas para setembro, devido o Estatuto do Torcedor.

 

compartilhe agora

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: